A Importância do Sentimento de Religiosidade

        Reflito sobre o assunto em epígrafe, por ter sido esquecido em nossa cultura educacional hodierna, impregnada da lógica e da presunção cientificista, como também da impositiva cultura do Estado antirreligioso e do materialismo mundano excessivamente permissivo. Talvez até, em reação ao tolhimento da liberdade do livre-pensar do passado, sobretudo em relação às imposições religiosas totalitárias do infeliz período da Inquisição, parte obscura de nossa História. E isso, naturalmente, carreou o pensamento e os ideais humanos inteligíveis para o oposto, em seus excessos emotivos.

        Por isso, repito o que pensei e escrevi em texto anterior: “… Estudando as religiões tradicionais mais professadas no mundo ocidental – Catolicismo e Protestantismo de modo geral, sem outro intuito senão o de entendimento e harmonia, e com todo respeito pelo que representam e sua valiosa utilidade, percebe-se que embora tenham contribuído para a melhoria e disciplina do homem, no decorrer dos séculos, determinando comportamentos éticos e buscando refrear os instintos, as paixões; permitiram que os homens delas se distanciassem ao confrontar de forma ortodoxa outras formas de pensamentos, criando a dicotomia antagônica – religião versus ciência. Por seus dogmatismos que insistem, pelo temor e submissão, na pregação da fé irrestrita, “cega”, instituindo simbologias, sacramentos e rituais e por afirmativas desprovidas de comprovação e razão, ao considerar mistérios divinos o que ignoram, e apregoarem uma única existência terrestre para  o  homem (espírito eterno) – que, após a morte, selaria definitivamente seu destino – céu , inferno e, posteriormente instituído, purgatório; condicionando a “salvação da alma” ao poder das igrejas, por seus representantes. …” (CONVICÇÃO ESPÍRITA – publicado em 01.08.2013).

        E, infelizmente, o que se pode observar é o aumento de pessoas, famílias, grupos sociais, alheios aos princípios de religiosidade, os quais só são lembrados e citados em preenchimentos de dados cadastrais ou estatísticos, quando perguntado sobre a religião professada… Por outro lado, felizmente, todos nós temos imanente em nosso íntimo pensar, em nosso âmago, que representa a nossa alma ou espírito, o desejo pela busca da verdade que concilie e harmonize nossa mente, e que nos faz refletir sobre o que somos, a razão de aqui estarmos, de nossas reais origens e de nosso destino pós-morte física.

        Foi esse sentimento perquiridor, na busca da verdade, que levou o mestre lionês Hippolyte Léon Denizard Rivail, à época (meados do Século XIX), professor, tradutor e escritor, em Paris, como tal já bastante conhecido e respeitado, a interessar-se objetivamente, de modo racional e metodológico, pelos fenômenos espirituais, com efeitos físicos, observados, aprofundando as pesquisas e resultando na Ciência que estuda e analisa os espíritos e o mundo ou a dimensão espiritual, em permanente interação conosco – como espíritos encarnados que somos, e nosso mundo físico – Planeta Terra. A que os Espíritos Sábios inspiraram a denominação de Espiritismo ou a Doutrina Espírita, quando, em 18 de abril de 1857, o professor Denizard Rivail, considerado o codificador do Espiritismo, por orientação espiritual sob o pseudônimo de Allan Kardec, publica a primeira obra – “O Livro dos Espíritos”. A que se seguiram – “O Livro dos Médiuns” (1861); “O Evangelho Segundo o Espiritismo” (1864); “O Céu e o Inferno” (1865) e “A Gênese” (1868).

        Muito resumidamente, eis como se deu a 3ª Revelação, considerando-se ainda como o consolador prometido por Jesus, por restaurar o Evangelho primitivo, revelando e esclarecendo a humanidade sobre o mundo dos Espíritos e a imortalidade da alma, com a comprovação da vida depois da morte do corpo.  Dando novo sentido de racionalidade à Fé em Deus e ao verdadeiro sentimento de religiosidade que deve nortear todos os cristãos, para um mundo melhor, em paz e harmonia.

Devaldo Teixeira de Araújo.

https://blogdoteixeira.com/devaldo@hotlink.com.br  – https://www.facebook.com/profile.php?id=100009560480260

Anúncios