Coerência Cristã Ante a Realidade

Reflito nesta data – 27 de outubro de 2014, em que se definiu mais uma eleição em nosso país, julgando oportuno reproduzir o texto abaixo, já publicado anteriormente (23/09/2013); de antemão, sem nenhuma ideia ou conotação político-partidária de qualquer natureza:

EXERCÍCIO DE CIDADANIA – Somos parte de um grande Condomínio…

     Perdoem-me a lógica simplista, mas, por analogia com o ambiente predial em que habitamos e toda sua estrutura condominial, consideremos a nossa cidade e por extensão, o nosso Estado e o nosso País, como um grande condomínio de que fazemos parte, interagindo, com direitos e deveres, para uma pretensa convivência de paz e harmonia.

      Podemos até entender os impostos que pagamos de forma obrigatória, seja diretamente aos órgãos públicos de arrecadação – municipal, estadual e federal, ou indiretamente incluso em todas as nossas atividades comerciais;  assim como pagamos as taxas condominiais…

      Como cidadãos, podemos e devemos exigir todos os diretos possíveis que nos cabe, a começar pela liberdade de viver e ocupar nosso espaço (como se diz –‘de ir e vir’); a liberdade de expressão – filosófica, política, religiosa, e tantos outros direitos, como há de constar em todas as leis fundamentais de um país, em um Estado Democrático, claro.

      Todavia, igualmente temos deveres, obrigações.  A começar pelo respeito ao direito do próximo, em reciprocidade, e tudo mais que diz respeito à coletividade e seu ambiente próprio e comum a todos, sejam associações de lazer, de trabalho, sindicatos, etc.; isto é: como uma coletividade ocupando o mesmo espaço predial, assim mesmo, tal qual no nosso condomínio, simplesmente…

       E, se exigimos do Síndico, participando de reuniões de condomínio ou não, o cumprimento de todas as providências para o perfeito funcionamento de tudo que diga respeito ao seu fiel mandato, para que tudo esteja bem, de forma satisfatória e honesta; por que não exigirmos, de alguma forma, pelos meios possíveis, a mesma atitude devida dos administradores públicos, como também dos políticos eleitos por nós, em todos os níveis, como nossos verdadeiros mandatários? …

      Meios para isso existem, com certeza; o Estado Democrático ai está, para tanto, nos garantindo legalmente. É preciso, pois, que nos conscientizemos dessa realidade, da necessidade de nos engajarmos em tudo que diga respeito ao pleno exercício de cidadania e façamos a nossa parte.  Como, assim pensando e divulgando, creio estar contribuindo para isso…

            E, porque não, considerarmos até como uma atitude cristã, coerente com os procedimentos que caracterizam a natureza religiosa ou filosófica dos ensinamentos legados pelo Mestre Jesus.  Afinal, o exercício de cidadania presume o esforço na consecução da boa convivência, pela obediência às leis, aos bons costumes, ás regras sociais, o que significa, sem dúvida, a prática da justiça, da tolerância, da caridade, em benefício da coletividade e de si mesmo.  Eis, portanto, a prática do Amor em sua essência verdadeira e infinita…

      Assim creio e conclamo a que pensemos seriamente nisso, para um mundo melhor.

Assim reflito por ainda ouvir e ler sobre opiniões estapafúrdias de algumas pessoas que revelam inconcebível inconformismo, revolta e até mesmo idéias em contraposição beligerante, ante a realidade insofismável.  Quando devemos nos conscientizar de que a Nação está acima de quaisquer interesses que não sejam para o bem de todos, como cidadãos e verdadeiros cristãos, aproveitando o ensejo para o exercício da compreensão, da tolerância e da resignação; é o que se espera de todos nós, concidadãos do “Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho” – (Chico Xavier/Humberto de Campos, Ed. FEB).  Com fé e esperança no porvir.

Afinal, consoante as divinas leis de causa e efeito, ação e reação, nada acontece por acaso…

Devaldo Teixeira de Araújo.

devaldo@hotlink.com.br

[Autorizada a divulgação desde que respeitadas a integridade e autoria do texto]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s