Experiência de Vida e a Conscientização Espiritual

Pensando nos questionamentos ouvidos sobre as motivações pelas quais se chega ao convencimento da existência de Deus, naturalmente por admissão religiosa, reflito, como uma autoanálise, sobre o meu passado de erros e acertos, dúvidas e muitas reflexões, ao longo desta existência, até tal convicção filosófico-religiosa…

Como muitos, educado sob orientação religiosa do catolicismo; desde o catecismo, as missas aos domingos, as confissões e comunhões periódicas, como deveres inerentes à religião professada por educação familiar; ressalto o reconhecimento da importância da orientação educacional e religiosa, fundamentais, que me deram uma formação básica, com as primeiras lições de resignação, humildade e correção de atitudes; sem muitas dificuldades, enquanto criança…

Adentrando a adolescência, contudo, sempre dado às reflexões e ao estudo na busca do saber, logo vieram as dúvidas, os questionamentos filosóficos e a consequente tríade crucial para um pensamento incipiente:  De onde? (… viemos/origem?) – Por quê? (… aqui estamos vivendo?) – Para onde? (… vamos, após a morte?) ou:  origem – motivo – destino… E aí, as turbulências psicológicas, exteriorizadas ou não, em meio às necessidades próprias e sociais do viver: a busca da definição profissional, da estabilidade econômica, dos prazeres da vida ante a imatura condição da jovial idade, tão comum a todos, com os erros e acertos, na busca da autoafirmação, em meio à conturbada sociedade do ter e o ideal do ser

E, infelizmente, assim confesso, buscando, então, mais o apoio intelectual materialista, pela leitura da mesma natureza e por questionar racionalmente as definições, explicações e orientações da vida, dadas pelas religiões tradicionais; acabei por ficar com a idéia ateísta em voga, por um longo tempo, embora sempre em meio às dúvidas por algo mais convincente… Até que, por indicação do irmão e amigo João Evangelista (hoje desencarnado, noutra dimensão), com quem sempre tive uma grande amizade e um proveitoso diálogo, li o livro “Nosso Lar” do extraordinário Chico Xavier/Emmanuel (era o início da década de 1980), que me despertou a atenção e a consciência para a realidade espiritual, continuando por ler, estudando e meditando, como deve ser, toda a Codificação Espírita e muitos outros livros espíritas, até hoje, quando posso afirmar convictamente: graças a Deus!

Nesse entrementes, dando curso à vida, sob os desígnios divinos, claro, embora não percebamos ou não tenhamos consciência plena disso: a vivência e interações sociais, com os naturais envolvimentos, o que me faz lembrar a maravilhosa canção “Roda Viva” do extraordinário Chico Buarque…  Vindo, então da junção e constituição familiar, meus dois filhos – João Ricardo e Juliana, esteios morais da minha existência e razão mor de minha sobrevivência, ainda hoje, em que sempre mui grato, em preces, repito – graças a Deus!  Os quais continuam, por suas vezes, em suas uniões e vivências, sob os mesmos desígnios, para minha felicidade, prosseguindo a maravilhosa experiência de viver e amar…

Assim como muito devo e devemos agradecer sempre, por dever de justiça e gratidão consciente, a todos que de alguma forma, direta ou indiretamente, contribuíram e contribuem em nosso viver, nas interações em que muitas vezes nos ajudam e até soerguem, nesta experiência de vida. Valendo ressaltar a mesma gratidão, reconhecendo a importância mesmo daqueles que nos trouxeram dissabores nas adversidades de nossa vida, como apenas agentes de tais desígnios para lapidação de nossos espíritos, como parte da divina lei de causa e efeito, nas expiações e provações de que necessitamos para nossa evolução moral-espiritual, em que expurgamos os nossos erros pretéritos ou mesmo contemporâneos e que resulta em nosso próprio benefício espiritual.

Eis, creio convictamente, a realidade da vida espiritual na experiência existencial, e a conscientização de saber-se Espírito.

Devaldo Teixeira de Araújo.

devaldo@hotlink.com.br

[Autorizada a divulgação desde que respeitadas a integridade e autoria do texto]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s