Entendimento da Realidade Espiritual

Cada vez mais me convenço da imprescindível necessidade do que sugere o título desta reflexão, porquanto, com a devida compreensão de que somos Espíritos eternos, quantos males poderiam ser evitados…  Reflito sobre isso, ao tomar conhecimento da recente morte de um renomado ator de cinema norte-americano, em que o noticiário informa que a investigação policial indica como causa o suicídio…  E que a vítima estava com depressão e fazia uso de drogas, possivelmente para aliviar a tensão, o stress, a insegurança, o medo incontido, e tudo mais, comum nesse estado. E logo nos vem o raciocínio: … Apesar da condição econômica e social de que dispunha e das aparentes possibilidades decorrentes dessa condição, como alguém pôde chegar a isso…

De antemão, abstendo-me de qualquer conotação crítica à atitude pessoal, humana, por compreender as circunstâncias e a dor que enluta a todos emocionalmente envolvidos, e, por dever ético e caridade cristã, apenas mentalizando o apoio espiritual, com as confortantes preces, sempre necessárias e oportunas em todas as ocasiões.

Por isso, refletindo bem, creio que com o conhecimento de que a vida espiritual é eterna, que a nossa curta existência neste Planeta representa apenas um estágio de aprimoramento, um degrau na ascensão para os planos superiores a que estamos destinados e que devemos aproveitar o máximo a nossa vida na prática das virtudes com tal objetivo; ninguém jamais cogitará de abreviar a sua existência, e nenhuma situação, por mais difícil que pareça, nunca poderá levar ao desespero de cometer tal desatino, cônscio da realidade de que nada acontece por acaso e que as adversidades acontecem para superação de possíveis expiações ou provações, como parte da nossa própria evolução.

Enquanto o desconhecimento da nossa natureza espiritual, comumente ligado às ideias materialistas e à descrença absoluta, é que possibilita o descaminho para o vazio inconsequente capaz de levar a atitudes extremas, quase sempre irreversíveis, com danos inimagináveis.  Considerando ainda a sintonia espiritual da mesma natureza que tais mentalizações proporcionam e as influências deletérias nesses casos, agravando ainda mais o quadro de desequilíbrio psíquico-espiritual extremo, de penosa e difícil recuperação; inevitavelmente por meio de dolorosas reencarnações, consoante as circunstâncias e motivações.

O que ratifica a ideia reencarnacionista, como nos demonstra o Espiritismo, como entendimento racional de real justiça divina, considerando que, por maior que seja os nossos erros cometidos, sempre teremos as oportunidades de corrigir, na senda do auto aperfeiçoamento, ainda que gradual e relativo. Consolidando a compreensão da verdadeira justiça e da infinita bondade e misericórdia de Deus – “Inteligência suprema, causa primária de todas as coisas”, como nos esclarece “O Livro dos Espíritos”, Pergunta um, e demais.

Por tudo isso, urge nos educarmos além das fronteiras do intelectualismo humano, despertando para o entendimento da dimensão espiritual como uma realidade que não devemos mais ignorar, para não estacionarmos em relação ao progresso que já deveremos alcançar para que estejamos aptos ao grau de evolução esperado e já em transição no nosso Planeta, em que, ao consolidar-se coletivamente, o bem se sobreporá ao mal e, para isso, não mais reencarnações incompatíveis a tal nível, nem Espíritos vinculados a Terra, interagindo conosco, que não sejam igualmente solidários no amor e na prática do bem.  E, portanto, não mais sofrimentos como hoje ainda enfrentamos ou observamos, vivenciando o Plano de Regeneração, sem processos de expiações dolorosas, apenas provações para superação e crescimento espiritual, em paz e harmonia.

Estejamos preparados para tanto, conscientes de sermos Espíritos Eternos, buscando o aperfeiçoamento individual e geral, com o entendimento da nossa realidade espiritual.

 

Devaldo Teixeira de Araújo.

devaldo@hotlink.com.br

[Autorizada a divulgação desde que respeitadas a integridade e autoria do texto]

Anúncios

Um comentário sobre “Entendimento da Realidade Espiritual

  1. Pingback: Morrer com Serenidade | Blog do Teixeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s