As Atitudes Condizentes com a Evolução

Reflito sobre um questionamento feito por uma pessoa amiga, a respeito das atitudes humanas que aparentam um comportamento condizente ou não com os costumes sociais tradicionais, e suas consequências sob vários aspectos, inclusive sob o ponto de vista espiritual, conscientes de nossa condição de Espíritos eternos.  Sobretudo tratando-se de procedimentos viciosos como o hábito de ingestão alcoólica, sempre associada a reuniões sociais em geral, o que se tornou comum e até considerado como uma forma de descontração e lazer, a ponto de tornar-se quase que obrigatória nos finais de semana de descanso do trabalho, próprios para o repouso.

Acredito que, obviamente, o maior problema não esteja no ato em si e sim na forma como e por que se faz, considerando assim os excessos e as motivações, conscientes ou inconscientes, que levam a isso. Ou seja: muitas vezes as pessoas retêm em si, frustrações, desejos contidos, problemas de toda sorte, de que trata muito bem a psicologia humana e que ora não cabe estender; o que motivam alguns, sob os efeitos do álcool, a se excederem e extravasarem seus impulsos recônditos, de alegria, tristeza, ou sentimentos outros que, não raro, de forma consciente, sem o estímulo do álcool normalmente não ousariam assim se comportar.

Desse modo, semana após semana, criam-se tais hábitos como forma de lazer, até tornarem-se uma dependência ou vício, que, de forma nociva, causam tantos danos, psicológicos e sociais, como sabemos e vemos acontecer em nossa sociedade. O que, somente por isso, já seria motivo de preocupação e o cuidado para não adentrar nesse círculo vicioso de desastrosas consequências.  Entretanto, precisamos ter conhecimento da nossa realidade espiritual e a consciência de que os danos maiores ocorrem neste aspecto, em que os hábitos viciosos enraízam-se na estrutura perispiritual, passando assim de uma encarnação a outra, gerando as tendências ou predisposições, de solução cada vez mais difícil, até que quem esteja nessa situação desperte para a necessidade do imprescindível esforço e força de vontade para a correção dos hábitos viciosos.

Além da sintonia espiritual que acontece em tudo que pensamos e fazemos, atraindo espíritos da mesma condição moral, numa interação perniciosa e cada vez mais interdependente, por recíprocas influências.  Como nos esclarecem os Espíritos Superiores, quando da pergunta nº 459 do “Livro dos Espíritos”, de Allan Kardec:  “Influem os Espíritos em nossos pensamentos e em nossos atos? “– Em resposta: “Muito mais do que imaginais. Influem a tal ponto que, de ordinário, são eles que vos dirigem.” …

Eis uma importante amostra do que nos acontece, em toda nossa existência, consoante nossos pensamentos e ações. Bem como da nossa responsabilidade em relação à necessidade de nosso aperfeiçoamento moral-espiritual, por pensamentos, palavras e ações;  vigiando e orando, como nos ensinou o Divino Mestre Jesus (Mateus, 26:41). Considerando que da mesma forma como somos influenciados, também nós, por nossos pensamentos, gestos e ações, influenciamos tanto os nossos companheiros de jornada terrestre, como os Espíritos afins que, atraídos pelas energias magnéticas dos pensamentos e pelas emanações alcoólicas dos ambientes próprios a isso, se comprazem nas ilusões dos prazeres mundanos a que ainda se encontram imantados, numa infindável permuta de ‘favores’ viciosos de funestas consequências, como podemos imaginar e perceber…

Por tudo isso, precisamos nos conscientizar como sempre enfatizo, da imperiosa necessidade de nosso comportamento de acordo com a evolução moral-espiritual que se espera de todos nós.

Estejamos atentos, portanto, para que possamos vivenciar um mundo de paz e harmonia, coerente com o “Plano de Regeneração”, já em plena transição, com a prática de atitudes condizentes a isso.

Devaldo Teixeira de Araújo.

devaldo@hotlink.com.br

[Autorizada a divulgação desde que respeitadas a integridade e autoria do texto]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s