A IMPORTÂNCIA DO PENSAMENTO EM NOSSAS VIDAS

Pensei e escrevi certa feita, como conceito: ”Nós realmente somos o que pensamos, idealizamos, e nem sempre o que dizemos, aparentamos.” Estendendo esta reflexão à nossa realidade vivencial cotidiana, podemos perceber isso, naturalmente, em nossa experiência própria… Como vemos os personagens políticos e suas convenientes aparências e atitudes; até nossos conviventes comuns, com quem interagimos socialmente, quando assim agem em função de seus objetivos, principalmente em se tratando de interesses pessoais, de acordo com as propositadas necessidades.

E devemos estar conscientes disso, compreendendo como um processo usual, às vezes até de modo inconsciente, sem premeditação, como o modo aconchegante infantil quando em seus ingênuos peditórios, para usar um exemplo real típico e naturalmente sincero. Diferentemente, claro, do modo usado por pessoas adultas, quando dos interesses de todos os matizes e que, para isso, se revestem da aparência convincente com seus propósitos, como já citei acima.

Desejo ressaltar a importante reflexão sobre os nossos pensamentos e suas influências sobre nós próprios e sobre todos com quem convivemos e interagimos. A sintonia mental gerada instantaneamente com as energias espirituais da mesma natureza, multiplicando o potencial de nossas ideias, palavras, gestos e atitudes com que materializamos tais pensamentos, para o bem ou para o mal, tendo como resultado a nossa realidade viva, que aí está, como estamos e vivemos…

E, com certeza, sob as influenciações magnéticas quase sempre imperceptíveis, sobretudo em nossas conversações, guardamos em nós as manifestações dos pensamentos alheios, da mesma forma que os outros também absorvem as nossas mentalizações verbalizadas… E, assim, envolvemos e nos deixamos envolver, agimos e interagimos, nos emaranhados do nosso psiquismo-espiritual, com a certeza de que ninguém vive só, nem para si somente.

Do mesmo modo, assim, como nossos pensamentos e atitudes podem influenciar sobremaneira uma coletividade, produzindo gestos e costumes em todos, como vemos nos exemplos dos modismos tão em voga, da própria linguagem vulgar que caracterizam os sotaques e tudo mais que, massificados de algum modo, distinguem a cultura e hábitos de povos e regiões.

Sem adentrarmos nas considerações sobre os seres dotados de excepcionais dons carismáticos que se tornam líderes, representantes políticos, etc., em todos os tempos e que tantas influências exercem, ajudando ou prejudicando pessoas ou coletividades, como podemos observar e a história nos revela do passado, quando dos induzimentos aos sectarismos de toda natureza, aos distúrbios e às guerras.

E uma das evidências da realidade desta reflexão, sentimos em nós próprios, quando dos transitórios estados mentais que por vezes nos invadem, de ânimo ou desânimo, alegria ou tristeza, que pode aprofundar-se em quadros depressivos, consoante o nosso psiquismo propenso a isso e que tanto observamos e que representam, na verdade, exteriorizações oriundas de nossos pensamentos e atitudes, se procedermos a uma autoanálise mais apurada.

Por isso, a necessidade do imprescindível cuidado com o que pensamos e idealizamos e as consequentes emanações mentais com que nos exteriorizamos; certos de que, inevitavelmente, somos interdependentes e assim, cuidemos de oferecer o melhor de nós para que possamos, naturalmente, auferir o melhor dos nossos semelhantes, em perfeita sintonia, na busca por um mundo melhor, sem tantos conflitos, em paz e harmonia.

Devaldo Teixeira de Araújo. 

devaldo@hotlink.com.br

 [Autorizada a divulgação desde que respeitadas a integridade e autoria do texto]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s