Missionários Divinos

Quando pensamos sobre o assunto intitulado com que inicio esta reflexão, o que logo nos vem à mente são os notáveis missionários divinos na figura dos profetas de tempos remotos, como nos é ensinado e apregoado em todas as épocas.  Desde os relatos bíblicos, como a literatura profética é extensa e que nem caberia aqui enumerar.

Em todas as épocas, grandes vultos sempre se destacaram trazendo ensinamentos religiosos para a humanidade e, por isso, o merecido reconhecimento como missionários divinos, desde os apóstolos, muitos inclusive denominados pela igreja católica como Santos. Não podendo deixar de evidenciar a exemplar, extraordinária e suprema missão do inesquecível Mestre Jesus, como todos nós sabemos a 2ª revelação divina, modelo e guia para a humanidade.

Contudo, o que desejo enfatizar neste raciocínio são os grandes vultos, muitos considerados gênios, em todas as áreas do conhecimento e atividades; das artes à Ciência, em seus vários aspectos, em todas as épocas até a contemporaneidade. E que também assim, creio que podem ser considerados como missionários divinos, independente, inclusive, da religião, em seus dogmas e conceitos humanos ou mesmo de descrença.  Porquanto, como entendo claramente e podemos perceber na real concepção das leis divinas, nada acontece por acaso e em tudo a sublime presença de Deus se revela.  Isto é, ainda que não se tenha consciência disso, em todos os feitos notáveis em benefício do próximo ou de uma coletividade, presume-se certamente que, sob inspiração sublime, configura-se, então, como verdadeira missão divina, sendo para o bem de todos e o progresso da humanidade…

E assim é que há de se compreender as grandes descobertas científicas para o desenvolvimento da humanidade, da mesma forma que os feitos históricos em que se consolidou o progresso de uma região, nação ou do mundo. Como também no campo das artes; as grandiosas e eternas composições musicais, por exemplo, ao se ouvir Beethoven, Chopin, Debussy, Vivaldi, Mozart, Bach e suas melodias sacras, entre outros notáveis, há de sentir-se algo de maravilhoso e divino, que a sensibilidade nos leva ao enlevo incomensurável.  Sem esquecer os notáveis compositores populares de sempre, até a atualidade, com sublimes inspirações… A literatura e seus magníficos autores, poetas, filósofos; enfim, espíritos iluminados em todos os campos das Ciências e das artes, que é impossível enumerar no espaço deste simples texto.

Ainda neste contexto, outra não pode ser a concepção que devemos ter, sem dúvida, das grandes descobertas e invenções desses notáveis gênios reencarnados entre nós para isso, mesmo sem conotação religiosa, em todas as épocas, como Aristarco de Samos (320-250 a.C.) – o primeiro a propor um Universo centrado no Sol, Aristóteles, Arquimedes, Benjamin Franklin, Newton, Darwin, Leonardo da Vinci, Einstein, Alexander Fleming, Alfred Nobel, Lavoisier, entre tantos mais, que, repetindo, não cabe enumerar; até nossos dias, na notabilidade de Bill Gates e muitos outros… Extraordinários feitos como as invenções e descobertas, que trouxeram enormes benefícios para o progresso da humanidade, não por acaso e sim obedecendo aos ditames sublimes e, por isso, o entendimento da sua natureza missionária, à luz da compreensão espiritual, eis a verdade.

Destarte, com a devida reflexão e o entendimento de nossa realidade, todos hão de convergir para compreensão dos postulados espíritas e dos mecanismos existenciais para consolidação de nossa evolução individual e coletiva, em que interagimos em interdependência vivencial, de algum modo, com a ajuda dos missionários divinos, como já citado, cônscios de que todos temos como missão – amar ao próximo como a si mesmo; e somente assim vivenciaremos um mundo de paz e harmonia.

Devaldo Teixeira de Araújo.

devaldo@hotlink.com.br

[Autorizada a divulgação, desde que respeitadas a integridade e autoria do texto]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s